Mães em quarentena: o desafio de educar em casaLeitura de 5 minutos

Família na escola 11 de maio de 2020
Montagem de três fotos com mães na quarentena: duas meninas estudando com notebook e uma mãe e filha cozinhando juntas

author:

Mães em quarentena: o desafio de educar em casaLeitura de 5 minutos

Ser mãe sempre teve o desafio de desempenhar infinitos papéis – e professora é o maior deles. Além de ensinar como falar, andar e se vestir, agora as mães em quarentena também precisam se desdobrar para ajudar os filhos nas atividades e manter a rotina escolar


As famílias estão em isolamento social para se prevenir contra o coronavírus e as escolas estão fechadas. As dificuldades para ajudar com as aulas remotas são muitas: falta de equipamentos, falta de internet e, principalmente, falta de tempo. 


Leia o Manifesto da Agenda Edu – A jornada educacional continua


Este ano, o Dia das Mães foi muito diferente. Para comemorar essa data,  conversamos com mães em quarentena que estão vivendo o desafio de educar e trabalhar em casa, confira:


Mães em quarentena que usam Agenda Edu 


Acompanhar as aulas remotas fica mais fácil com a ajuda de uma agenda digital. Para a designer de moda Monica Pinto, o contato com a escola está ainda mais frequente e ajudar com as atividades também ficou mais fácil. “Estamos ainda mais ligadas. Por estar trabalhando em casa, participo de tudo”, explica. 


Sua filha Lina está tendo aulas ao vivo e também recebe links de videoaulas pela Agenda Edu. A rotina mudou, mas os laços continuam fortes: “Temos dias bons e ruins, é claro, mas sempre inventando alguma brincadeira nova para não cair no tédio”, explica. 



Leia mais: Como manter a rotina escolar em casa durante a suspensão das aulas


A nova rotina é um desafio para todas as mães em quarentena. A produtora de conteúdo e empresária Luma Natasha, mãe da Bia, fala sobre as dificuldades da sobrecarga de tarefas no dia a dia e ainda ansiedade pelo momento que estamos vivendo. 


Menina estudando com notebook no quarto

“A rotina está frenética. Estamos nos dividindo entre rotina da casa, trabalho em home office, tarefas e rotina escolar. A Bia recebe atividades pela Agenda Edu e seguimos as orientações passadas pela escola. Temos uma rotina escolar com horário fixo, sempre pela manhã quando ela acorda. Após isso, ela pode seguir o dia com brincadeiras, televisão, descanso”




Novas conexões


Mesmo com as dificuldades cotidianas, o tempo em família é uma das prioridades para as mães em quarentena. “Vivemos dias intensos, bem corridos, mas a criação de memórias afetivas está sempre sendo priorizada”, conta. 


A educadora física Ingrid Machado também conta com a Agenda Edu para ajudar na sua rotina com a filha Antonella. O contato com a escola acontece diariamente com atividades, dicas e orientações, mas também existe a saudade dos colegas, família e esportes. 


“Com a pandemia e suspensão das atividades tanto para mim quanto para ela, foi preciso planejamento e nova adaptação. Ainda está sendo desafiadora a nova rotina e recentemente voltamos a ter aulas online e seguir as atividades propostas pela escola. Antonella ainda está se esforçando para se concentrar no novo sistema e eu tenho acompanhado e ajudado.”


Veja mais: 5 dicas de relacionamento escolar durante a suspensão das aulas


Mães em quarentena que fazem a Agenda Edu 


Para a Agenda Edu poder ajudar tantas mães e escolas pelo Brasil, várias mães Agenda Lovers estão trabalhando em casa. 


No início, foi preciso se adaptar. Os dois filhos da Camila Rios, nossa Consultora Educacional, estudavam em tempo integral e estavam acostumados a passar o dia na escola. Agora, eles sabem quando a mãe está trabalhando em casa e podem brincar juntos depois. 


“Eu pensei: ‘meu Deus, será que vou conseguir?’ Conversamos muito e expliquei que quando estivesse em reunião, eles teriam que me ajudar e ficar quietinhos. Está dando tudo certo até agora! Me sinto privilegiada por ter a oportunidade de continuar trabalhando em home office e acompanhar de perto meus pequenos” 


A Analista Administrativo Financeiro, Tamires Cavalcante, também está sentindo o desafio de trabalhar com o filho Vinícius, que só tem 10 meses. Como ele ainda não entende que não pode ficar junto o tempo todo, ela faz questão de aproveitar os intervalos para fazer muito carinho!


“Superei as minhas expectativas, foi um aprendizado. E melhor: volto a ser mãe porque estou acompanhando as mudanças do Vinícius no dia a dia. Estou me superando em todos os sentido, e que venham mais desafios maternos e profissionais!”



Laços mais fortes


Se trabalhar com um filho em casa já é difícil para as mães em quarentena, imagina com um bebê! Apesar das dificuldades, existe a felicidade em poder acompanhar ainda mais de perto todas as fases de crescimento. 


“Nunca estive tão próxima de acompanhar o desenvolvimento dele. Aproveitei esse momento para retirar a chupeta e aos pouquinhos estou trabalhando o desfralde, o que seria difícil de fazer em uma rotina normal de trabalho”, conta a nossa Assessora de Engajamento, Kélvia Mariano. 


Viver o papel de mãe e profissional ao mesmo tempo não é fácil. A Danielle Falcão, Consultora Educacional, precisou ensinar ao seu filho Benício o quanto é importante o seu trabalho, não só para ela mas também para a família e para outras pessoas que contavam com sua ajuda. Hoje, ele descobriu novos hobbies, está mais independente e se apropriou do seu quarto. 


“Me sinto tão sortuda por ter um filho como ele! De todas as vantagens de estar trabalhando em casa, a melhor é poder terminar esse relato e correr para abraçá-lo. Para mim, ser mãe é isso: se sentir infinitamente grata e completa simplesmente por ter o seu filho por perto.” 


         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *