5 dicas de relacionamento escolar durante a suspensão das aulasLeitura de 5 minutos

Gestão escolar 27 de abril de 2020
Mulher conversando com 4 colegas em uma videochamada, mantendo o relacionamento escolar de forma remota

author:

5 dicas de relacionamento escolar durante a suspensão das aulasLeitura de 5 minutos

As escolas estão passando por um longo período de adaptação com a suspensão das aulas em prevenção ao coronavírus. Mais do que nunca, o relacionamento escolar deve ser uma das prioridades para continuar se conectando com famílias e alunos e manter a rotina escolar.


Separamos 5 dicas essenciais para ter uma comunicação de sucesso durante a crise e continuar a jornada educacional. Confira e faça parte do nosso Fórum para compartilhar experiências com outras escolas. 


Leia o Manifesto da Agenda Edu – A jornada educacional continua


1. Comece pelos professores


Planejar aulas online, dar suporte de forma remota, orientar à distância, identificar as necessidade de cada aluno e gravar videoaulas não são tarefas fáceis. O fechamento das escolas modificou todo o trabalho dos professores e a sua forma de ensinar. 


Os educadores precisam desenvolver novas formas de aprendizagem. Para isso, as escolas e seus gestores devem escutar e compreender as novas dificuldades, como aumento da carga horária em casa, falta de espaço adequado, instabilidade da internet, mudança de planos de aula e distância dos alunos. 


As reuniões e conselhos de classe são ainda mais essenciais para que a equipe esteja alinhada e entenda as necessidades de cada um. É necessário entender que esse novo momento deve ser construído juntos: existirão erros e todos vamos aprender com eles para melhorar. 


Leia mais: Como os professores podem aproveitar melhor o período de quarentena?


2. Trabalhe a empatia


É importante compreender que todos estão se sentindo inseguros. Os responsáveis estão lidando com a pressão de trabalhar em casa ao mesmo tempo em que precisam auxiliar os filhos e manter a sua rotina escolar durante o dia inteiro. Em outros casos, eles trabalham com serviços essenciais e ao chegar em casa precisam dar um suporte maior para os filhos. 


Já para os alunos, existe o medo e a ansiedade com o que está acontecendo com o mundo. As crianças têm dificuldade para entender porque não podem sair de casa e isso influencia no seu desempenho escolar. 


O relacionamento escolar da escoladeve compreender que cada aluno tem o seu tempo de aprendizagem e durante o isolamento social este tempo está ainda mais mudado. Monitore o seus avanços, entenda suas dificuldades e crie prazos flexíveis para o contexto de cada família. 


3. Esteja presente, mesmo distante 


A relação construída dentro da escola vai muito além da sala de aula. Os professores são os grandes guias dos alunos e criam um elo de relacionamento escolar com estudantes e famílias. 


Durante a suspensão das aulas, é importante estreitar ainda mais esses laços e lembrar que a escola continua lado a lado da sua comunidade. Continue sendo referência, inspiração e trazendo segurança. 


Alguns professores estão enviando vídeos personalizados para os alunos com recados de apoio e carinho. Esse tipo de ação mostra que cada um deles é importante, como a escola sente falta da sua rotina e está pensando no melhor para a educação e bem estar de todos. 


História de Sucesso: Escola Brasinha e Colégio Lyon adotam ensino 100% digital durante a suspensão das aulas


4. Tenha suporte psicopedagógico


A escola pode mostrar que está realmente preocupada com a saúde dos seus alunos oferecendo apoio de uma equipe psicopedagógica. É normal existirem momentos de dificuldade durante o isolamento social e tanto alunos quanto responsáveis, professores e gestores precisam de atenção. 


Um psicopedagogo pode dar dicas sobre como lidar da melhor forma com a pandemia de coronavírus e ensinar boas práticas. Para entender melhor os problemas que podem estar acontecendo, a escola pode fazer uma pesquisa de clima com famílias e alunos sobre a sua jornada educacional em casa. 


Com os resultados, podem ser desenvolvidas ações psicopedagógicas de relacionamento escolar e eventos online com bate-papo e tira-dúvidas com especialistas. Também será possível identificar famílias que estejam precisando de mais atenção e possam ter um acompanhamento individualizado. 


5. Conecte-se com uma agenda digital


Utilizando uma agenda digital, a escola vai estar mais conectada com as famílias e alunos para transformar sua rotina escolar. Com a Agenda Edu, professores e gestores têm uma comunicação direta e efetiva para continuar a jornada educacional. Conheça algumas funcionalidades:


Atividades: envio de lições para fazer em casa, conteúdos de estudo e materiais complementares. Os professores também podem gravar videoaulas e enviar o link pela Agenda Edu. 


Comunicados: a escola pode enviar informações, dicas e orientações, além de conseguir monitorar quem está acompanhando os comunicados.


Eventos: transmissões ao vivo de aulas para turmas e até mesmo reuniões de pais online. O aplicativo envia lembretes automáticos sobre o evento, evitando o esquecimento em meio à rotina e aumentando o engajamento. 


Mensagens: canais personalizados para tirar dúvidas, fazer correções e conversar diretamente com os responsáveis e alunos. 


Veja tudo que a Agenda Edu pode fazer pela sua escola durante a suspensão das aulas. 


Sua escola não tem Agenda Edu? Para superarmos juntos os impactos do Covid-19 na educação, estamos disponibilizando o uso gratuito de uma versão reduzida da plataforma para não parceiros. Saiba mais e solicite na sua escola.


         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *