7 dicas de atividades para incentivar a leitura na quarentenaLeitura de 7 minutos

Família na escola 7 de abril de 2020
Mãe e filha com um livro para incentivar a leitura

author:

7 dicas de atividades para incentivar a leitura na quarentenaLeitura de 7 minutos

Veja como é possível aproveitar o tempo em família para incentivar a leitura em casa, estimulando o desenvolvimento da criança e os laços afetivos. 


Com esse período de suspensão das aulas e a presença das crianças em casa o dia todo, as famílias enfrentam dois grandes desafios: conciliar as tarefas domésticas, o trabalho e o cuidado com os filhos; e também garantir que as crianças continuem aprendendo e se desenvolvendo de forma saudável nessa nova rotina.


A preocupação de muitos pais é com o tempo excessivo que os filhos passam frente às telas, seja no celular, na televisão ou no computador. Nesse momento de isolamento social, precisamos lembrar que a tecnologia pode ser usada de forma positiva, possibilitando o contato das crianças com os amigos e a continuidade das atividades escolares. Porém, também é importante oferecer outras opções de entretenimento e aprendizado, como jogos físicos, atividades lúdicas e, claro, a leitura.


Neste artigo vamos falar sobre o que torna a leitura ainda mais essencial nessa situação em que a rotina escolar está abalada. Você verá 7 dicas de atividades para despertar o interesse dessa geração pelos livros.


O papel da leitura com as crianças longe da escola


Um estudo realizado por pesquisadoras de Barcelona sobre o papel da leitura em voz alta dos adultos para as crianças confirmou que, na infância, ouvir histórias proporciona aprendizados que não acontecem normalmente no cotidiano da infância. 


A conclusão é que as crianças que têm a oportunidade de escutar a leitura de livros desde cedo desenvolvem um vocabulário mais rico, habilidades de linguagem mais complexas e se tornam capazes de fazer narrações mais elaboradas. Além disso, essas crianças demonstram mais facilidade ao aprender a ler e escrever durante a fase da alfabetização, desenvolvendo melhor a compreensão de leitura e consequentemente apresentando melhor desempenho escolar.


Assim, durante a quarentena, estimular a leitura de forma desvinculada das obrigações escolares traz diferentes benefícios. Ao mesmo tempo, estimula aprendizados importantes que terão influência no desempenho escolar posteriormente e, também, fortalece os laços afetivos entre a criança e a família nesse momento delicado.


Conheça diferentes maneiras de incentivar a leitura em casa


Dois fatores são importantes para estimular uma relação positiva com a leitura e enriquecer o repertório das crianças: a diversidade e a naturalidade dessas experiências. Ou seja, é importante criar oportunidades variadas de contato com livros e histórias, mas de forma natural e prazerosa, que não seja obrigatória e nem pesada para rotina das crianças.


1. Diversifique os livros


Se o objetivo é incentivar o hábito de leitura, não é difícil encontrar milhares de opções de livros para oferecer aos pequenos. Porém, nem sempre lembramos que a variedade de diversificar os gêneros literários também tem um papel muito importante para o desenvolvimento de um leitor.


Histórias de fantasia, mistério, humor, poemas… Entrar em contato com diferentes tipos de textos e ilustrações tem um grande papel na formação dos leitores. Isso expõe a criança a maior variedade de palavras e estruturas narrativas. É como oferecer alimentos diversificados para que ela possa desenvolver seu paladar, aprender a gostar de mais tipos de livros e descobrir suas próprias preferências!


2. Leia de novo, de um jeito diferente


Não é porque um livro infantil já foi lido uma vez que devemos esquecê-lo no fundo da prateleira. Pode ser que uma história que não cativou a criança um tempo atrás desperte seu interesse nessa nova fase.


Sempre há mais a se explorar em um mesmo livro: lendo de novo, a criança pode perceber coisas que não havia notado antes. Tente ir além da leitura rápida e superficial: explore a capa e os personagens, faça perguntas para a criança sobre o que ela lembra da história, peça que ela mesma a conte. Outra ideia é desenhar e recortar os personagens para fazer um teatrinho, encenando as falas e criando trilhas sonoras. 


3. Transforme a criança em personagem


Uma forma interativa e inovadora de estimular o interesse pela leitura é transformar as crianças em personagens de livros personalizados. A personalização é um grande instrumento para a construção de identidade e auto-estima, e ajuda a criança a se identificar com a história. 


Sem precisar preencher qualquer cadastro, a plataforma online Dentro da História reúne mais de 70 livros infantis para serem personalizados, criando o personagem com as características da criança e lendo online a história protagonizada por ela. Depois, é possível comprar o livro personalizado e recebê-lo impresso em casa. A Dentro da História é parceira da Agenda Edu e você ganha 10 reais de desconto no livro personalizado clicando aqui!



Confira 5 benefícios dos livros personalizados para crianças


4. Conheça podcasts de histórias


Quanto maior a diversidade de experiências linguísticas a que a criança tiver acesso, melhor. Os formatos digitais oferecem novas formas de ouvir leituras, os podcasts infantis. Uma vantagem dos podcasts é a ausência de telas, estimulando o exercício da escuta e da imaginação.


O podcast Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes é uma versão sonora do livro infantil que conta as trajetórias de mulheres inspiradoras. Já o podcast Conta pra Mim? traz histórias narradas pela contadora Fafá Conta e por Thiago Queiroz, da plataforma “Paizinho, Vírgula”. E o Podventura é uma história em áudio do e escritor Fernando Rodrigues, formada por 13 capítulos, que desafia as crianças mais velhas com uma narrativa cheia de aventuras.


5. Mostre vídeos de contação de histórias


Os vídeos são outra opção para diversificar o contato com histórias, principalmente nos momentos em que os pais estão ocupados. Outra vantagem é a possibilidade de ouvir especialistas: cada contador dá vida às histórias de uma forma única, buscando despertar a imaginação, aguçar os sentidos e encantar as crianças por meio das palavras.


Na quarentena, muitas contadoras e contadores de histórias estão fazendo lives diárias em suas redes sociais para entreter as crianças. Algumas indicações são a Marina Bastos, a Fafá Conta, a Samara Rosa e o Cris Gouveia da página Um Canto que Canta.


6. Baixe o Jogo Histórias Fantásticas


Esse é um jogo educativo criado em parceria pela Agenda Edu e a Dentro da História, que estimula as crianças a criarem centenas de histórias, incentivando a criatividade, e sempre rendendo muitas risadas! 


São 60 cartas para imprimir, junto com um manual com dicas de como jogar em casa e na escola. Ao misturar e juntar as cartas de muitas formas diferentes, os jogadores exercitam a capacidade de ouvir e de criar histórias, desenvolvendo habilidades de escuta, compreendendo as estruturas narrativas e aprendendo a construir histórias e personagens. Todas essas habilidades são importantes para que a criança tenha um contato mais prazeroso com a leitura. 



7. Crie um cantinho da leitura

Ter um lugar especial para aproveitar a leitura ajuda a criança a se desligar de outras atividades e mergulhar de verdade nas histórias. Experimente criar uma “área da leitura” que seja muito divertida! Espalhe almofadas no chão, coloque bichinhos de pelúcia por perto, crie uma cabaninha com lençóis e cadeiras, adicione luzinhas de Natal. Veja aqui várias fotos com ideias para a decoração.


Também é legal inventar um nome mágico para esse lugar junto com o seu pequeno: Tenda da Imaginação, Esconderijo dos Ninjas Leitores, Caverna da Leitura… Vocês vão viver momentos muito especiais neste cantinho!


         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *