Empreendedorismo na escola: como estimular na sala de aulaLeitura de 8 minutos

Práticas pedagógicas 8 de dezembro de 2021
Imagem com várias mãos em punho fazendo um círculo

author:

Empreendedorismo na escola: como estimular na sala de aulaLeitura de 8 minutos

Jorge Martins
Novos Negócios na Agenda Edu



Você estudou empreendedorismo na escola? Ou será que era da turma que vendia adesivos no intervalo? O universo empreendedor atualmente é muito falado pelos brasileiros, mas será que ele seria aplicável na educação básica?


Hoje, falaremos sobre a importância do empreendedorismo, os benefícios para os alunos e para a escola, e por fim, como aplicá-lo! 


O que é empreendedorismo


Para muitos, empreender é desenvolver negócios, abrir empresas e focar no lucro, porém, a prática do empreendedorismo vai muito além disso!


Quando as pessoas possuem a capacidade de resolver problemas, encontrar soluções em situações difíceis e que possuem muita pressão ou até mesmo investir algo no que elas acreditam mesmo enfrentando riscos, podemos chamá-las de empreendedoras.


Para o cientista político e economista Joseph Schumpete, o empreendedor era quem focava em inovar, traçar novos rumos e trazer novos métodos para o mercado, contribuindo para uma tração maior na economia. Seguindo essa linha, hoje empreender vai além de trazer algo voltado apenas à economia, ele também traça novos métodos no campo das ideias, do ambiente, da sociedade e em qualquer outro meio no qual ele possa se envolver.


Assim, o empreendedorismo é algo que hoje pode ser trabalhado em diversas áreas, seja no trabalho, na faculdade ou no ensino básico!


Quer saber mais sobre como fazer isso e por que é tão importante trazer esse tema para a sala de aula? Separamos algumas dicas para te ajudar. 


Por que trabalhar o empreendedorismo na escola? 


Segundo Julyana Xavier, participante do projeto Sensibilizando do Centro de Empreendedorismo da Universidade Federal do Ceará: 


Aprender sobre empreendedorismo vai além do que saber abrir ou tocar um negócio. É capacitar-se e adquirir características importantes para a vida, como: Ser dedicado; ter coragem para assumir riscos; ter comprometimento; ser persistente; criativo; aprender a trabalhar em equipe; etc.”


Os benefícios de trabalhar o empreendedorismo na escola são muitos e englobam  todas as idades. No ensino básico, ele consegue trazer habilidades e competências que, às vezes, apenas depois são ensinadas para aqueles alunos. Trazer esse aprendizado antes mesmo de algumas vivências poderá gerar mais valor àquele estudante e também melhorar sua visão de mundo.


Além disso, alunos que estudam empreendedorismo se tornam multidisciplinares e focados na resolução de problemas. Não somente ganharão  contribuição pessoal e para suas famílias, mas com certeza gerarão valor na jornada educacional da escola. Paulo Freire já defendia a ideia de que todos se educam em conjunto, você também concorda?


Capa do Ebook Escola e Comunidade com o texto Guia prático para fortalecer vínculos com alunos e famílias, baixe agora

Os benefícios do empreendedorismo


Agora que você já entendeu como é interessante trabalhar o empreendedorismo na escola, que tal conhecer melhor alguns dos principais benefícios? 


Diversos pontos positivos vistos em grandes empreendedores do mundo podem ser desenvolvidos e ensinados ainda cedo para crianças e adolescentes, entre eles estão:


Liderança 


A liderança é uma característica altamente valorizada, principalmente por adultos. Este atributo pode ajudar o aluno no mercado de trabalho ou até na formação de empresas futuramente. Na escola, servirá inicialmente como um aprendizado mais focado em tomar decisões com as informações que estão disponíveis e também conduzir grupos para o melhor resultado possível em alguma atividade ou trabalho.


Na época em que vivemos, a liderança se tornou um requisito ainda mais importante, já que a sociedade gradativamente desenvolve problemas complexos e que precisam de líderes que saibam inspirar, reunir talentos e resolver questões. Por isso, essa habilidade é tão essencial.


Responsabilidade


Empreender é entender que os resultados, acima de tudo, dependem de quem os faz. Assim, o desenvolvimento da responsabilidade é fundamental para que todos consigamos lidar com frustrações que várias áreas da vida podem trazer. 


Por exemplo, no ensino básico existirão trabalhos realizados em grupos, todos os integrantes terão responsabilidades importantes que, se cumpridas, trarão um resultado positivo.


Criatividade


A criatividade não necessariamente está ligada apenas às artes. Em torno de várias áreas vistas na educação básica é possível ver que existem problemas que necessitam de criatividade para serem resolvidos, bem como no dia a dia de cada pessoa. 


Como visto também na liderança, a resolução de problemas e exploração das ideias de uma criança podem ser desenvolvidas pela criatividade.


Veja nesse artigo como estimular a criatividade infantil na escola! 


Como trabalhar o empreendedorismo na escola?


Já entendemos quais sãos os benefícios, então tenho certeza que você já está ansioso para implantar o empreendedorismo na sua escola. Então, confira algumas dicas sobre como começar.


Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos sobre o universo educacional, produzidos pela Agenda Edu

* obrigatório

Aprendizagem ativa


Em toda escola, encontramos professores que gostam de ensinar utilizando dinâmicas. Além disso, algumas instituições também praticam atividades como semanas culturais e ações que reúnem alunos e equipes.


Esse tipo de aprendizagem é chamada de “Aprendizagem ativa”, que consiste em visualizar os alunos no centro da aprendizagem, tornando-os protagonistas dos seus ganhos de conhecimento. 


Geralmente, nesse tipo de aprendizagem os grupos trabalham em prol de um bem maior, como, por exemplo, resolver um problema que foi proposto. Isso faz com que eles reúnam um número maior de informações sobre diversos assuntos para realizar a tarefa passada.


Alguns modos de reforçar esse tipo de aprendizagem são:


  • Desenvolver trabalhos que resolvam algum problema proposto em certa matéria;
  • Criação de grupos de estudo sobre um assunto votado pela turma;
  • Realizar rodas de conversas e discussões sobre um tema;

Metodologias ativas de aprendizagem: quais são os benefícios?


Metodologias Ágeis


Existem métodos utilizados no empreendedorismo para que projetos sejam realizados de forma mais fluida e clara para todos os envolvidos. Alguns desses exemplos podem ser também estudados e aplicados em certos projetos de professores com alunos, gerando mais dinâmica e clareza em projetos antes já feitos.


Algumas das principais metodologias são:



É importante lembrar que no processo de desenvolvimento de cada uma dessas metodologias existirá uma adaptação, e elas poderão também ser feitas de formas diferentes e simplificadas para cada projeto que será passado.


A importância principal desse método é incentivar a organização e o planejamento de forma estruturada dentro de um âmbito de trabalhos que poderão ser desenvolvidos por alunos.


Capacitação de professores


Para que o ensino de empreendedorismo na escola possa ser executado da melhor forma, é necessário que os educadores também sejam instruídos sobre o tema. Isso fará com que eles planejem as atividades de forma mais assertiva, além de conseguirem praticar o empreendedorismo na própria rotina!


Como os gestores podem incentivar a formação dos professores e porque isso é tão importante


Então, que tal começar a aplicar o empreendedorismo na sua escola? Quem sabe você não vai estimular o desenvolvimento de futuros grandes empreendedores? Depois de conhecer todos os benefícios, é possível ver como essa metodologia estará cada vez mais presente nas salas de aula do mundo inteiro. 


Fontes:

Nova Escola

Blog da Árvore

Escolas disruptivas


         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *