Como o uso de indicadores de desempenho pode ajudar a escola?Leitura de 8 minutos

Gestão escolar 24 de junho de 2020
Aluna escrevendo em caderno, sentada na carteira para mostrar indicadores de desempenho

author:

Como o uso de indicadores de desempenho pode ajudar a escola?Leitura de 8 minutos

A tarefa de gerir uma escola passa por várias mãos e responsabilidades. O objetivo final é sempre ser referência em sua região, mas sem deixar de passar a mensagem e a missão da escola. Uma das estratégias mais interessantes é o uso de indicadores de desempenho.


Além disso, uma das tarefas mais importantes e buscadas por todas as instituições é fazer com que os estudantes tenham um pleno desenvolvimento pessoal e que também tenham a capacidade de passar no curso e universidade dos sonhos, quando a hora chegar.


Confira conteúdos especiais sobre educação remota


E, para isso, o desempenho escolar dos alunos deve ser sempre levado em consideração. Uma das melhores estratégias para pensar e melhorar o desenvolvimento dos alunos é por meio da utilização de indicadores de desempenho escolares. 


Por isso, é muitíssimo importante que você saiba o que são e como usar indicadores de desempenho dentro do ambiente escolar. Eles darão à escola uma base bem estruturada de como tem sido o desenvolvimento dos alunos, além de fazer com que toda a gestão pense em estratégias para melhorar e alavancar os dados de aprovação da instituição.


Pensando nisso, elaboramos este artigo para você! Nele você encontra tudo sobre indicadores de desempenho e como usá-los em sua instituição. Para conferir este conteúdo, basta seguir na leitura! Vamos lá?



O que você vai encontrar neste artigo?


O que são indicadores de desempenho?


Quais são os principais indicadores de desempenho para a gestão escolar?

Como o uso de indicadores de desempenho pode ajudar a escola?


O que são indicadores de desempenho?


Os indicadores de desempenho são ferramentas utilizadas por gestores empresariais para qualificar e quantificar o desempenho das organizações. Estas ferramentas são muitíssimo importantes para prever problemas, antecipar soluções e corrigir erros.


O objetivo principal dos indicadores de desempenho é sempre buscar uma melhor performance para as empresas e organizações. A excelência no produto final que oferecem é sempre a consequência esperada quando se utiliza indicadores de desempenho. 


E para as escolas, essas ferramentas desempenham as mesmas funcionalidades. Porém, o objetivo final é melhorar o desempenho escolar dos alunos, oferecendo sempre um ensino de ponta aos estudantes que frequentam a instituição. 


Leia mais: 5 dicas das nossas escolas para engajar os alunos na quarentena


Pois bem, agora que você conhece o conceito de indicadores de desempenho, conheça a seguir alguns dos indicadores para aplicar em sua escola e obter melhores resultados. 


Quais são os principais indicadores de desempenho para a gestão escolar?


Nas instituições de ensino, os indicadores de desempenho vão medir, como mencionamos, o desempenho escolar dos estudantes. Mas, além disso, eles medem a qualidade e a infraestrutura da escola. 


É importante mencionar que os indicadores de desempenho possuem vários níveis. Eles podem ser bem abrangentes e medir a escola como um todo, ou mais específicos, medindo o desempenho de uma turma e dos alunos individualmente.


E é por isso que existem diferentes indicadores. Existem, inclusive, indicadores de desempenho oficiais que utilizarão as notas de diversos exames para medir o desenvolvimento dos alunos da educação básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio).


O próprio Enem também foi durante muitos anos usado para medir o nível de qualidade dos estudantes do ensino médio da rede pública. 


Ebook grátis: Como preparar um aluno de alta performance para o Enem


Pensando em auxiliá-lo a usar indicadores de desempenho em sua escola, vamos, a seguir, explicar mais detalhadamente cada um deles. Acompanhe!


Indicadores de desempenho da sala de aula


Os índices de desempenho para a sala de aula irão medir tanto fatores que levam em consideração a visão dos alunos sobre a didática, assim como a visão dos professores sobre a turma em questão.



Confira abaixo alguns dos principais pontos que devem ser levados em conta para pensar estratégias de melhoria para a sala de aula:


  • a média de nota da turma em relação às outras turmas da escola;
  • o nível de participação dos alunos nas diferentes disciplinas;
  • o nível de aprendizado dos alunos em diversos conteúdos,
  • os elogios e dificuldades que os alunos reportam à equipe pedagógica sobre a didática dos professores de diferentes disciplinas;
  • o nível de progressão dos alunos e o seu desenvolvimento nas disciplinas.

Leia mais: Como fazer avaliações online em aulas remotas


Indicadores de desempenho educacional gerais


Em contrapartida, os indicadores de desempenho geral da escola, sendo mais abrangentes, deverão levar em consideração questões administrativas, como a estrutura da escola etc.


Leia mais: 5 dicas sobre gestão escolar durante a suspensão das aulas


A seguir vamos te mostrar alguns dos pontos que devem ser levados em consideração para se avaliar a escola de maneira geral:


  • o número de novos alunos matriculados;
  • o número de alunos que se desligaram da instituição;
  • os índices de aprovação em cursos superiores e a média do Enem em relação a outras instituições;
  • o quadro de funcionários da escola;
  • o grau de satisfação dos alunos e professores em relação ao ambiente escolar e sua estrutura;
  • a qualidade dos professores e capacitação destes.

Indicadores de desempenho educacional oficiais


Além dos indicadores de desempenho específicos da instituição, você também deverá levar em consideração os indicadores oficiais para conseguir pensar em estratégias de otimização de resultados.


Os indicadores nacionais ou oficiais são utilizados para medir o desempenho dos alunos da educação básica, do ensino fundamental, médio e mesmo do ensino superior. Eles levarão em conta o que propõe a LDB (Lei de Diretrizes Básicas da educação) e ainda aquilo que estipula a BNCC para formularem suas provas de desempenho nacional.


Portanto, conheça a seguir os indicadores de desempenho nacionais:


  • SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica): utilizado para medir o desempenho nacional dos estudantes da educação básica
  • IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) também um indicador utilizado para medir o nível dos estudantes da educação básica.
  • ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) é aplicado para alunos que estão se formando no Ensino Superior e são utilizados para medir a qualidade das graduações oferecidas nas universidades brasileiras.

Importante ressaltar que esses exames medem o desempenho dos alunos e também as instituições de ensino, já que são utilizados por órgãos oficiais, como o Ministério da Educação (MEC), para licenciar universidades e escolas.


É bastante interessante que a escola fique por dentro de todos estes indicadores oficiais, trabalhando com base no resultado alcançado por seus alunos para, posteriormente, pensar em estratégias para trabalhar as áreas que necessitam ser aprimoradas.


Como o uso de indicadores de desempenho pode ajudar a escola?


Para conseguir utilizar esses indicadores de maneira eficiente, é preciso pensar sobre os objetivos da escola e para que esses indicadores serão necessários. A melhor hora para se pensar em quais os indicadores adotar em sua escola é no momento do planejamento escolar. 


Este é o melhor momento porque é a partir da análise de dados do planejamento do ano anterior que será possível pensar em quais os indicadores de desempenho a sua escola precisará adotar para solucionar problemas e fazer com que os estudantes possuam um lugar confortável para estudar.


Leia mais: Plano de ação escolar – veja como montar o seu


Outra medida pertinente para saber como utilizar indicadores de desempenho é a análise de escolas concorrentes. Você, como coordenador ou coordenadora, poderá fazer uma comparação entre a média dos alunos de escola no Enem e a média das escolas que concorrem com você, para, assim, pensar em indicadores e estratégias para deixar as médias pareadas, fazendo de sua escola competitiva dentro do mercado.


Porém, se ao contrário, você perceber que precisa melhorar o desempenho dos alunos dentro de sala de aula, é necessário verificar os indicadores específicos desse quesito e pensar em estratégias que melhorem os resultados apresentados.


Ebook grátis: Como se comunicar e engajar os alunos da Geração Z


A partir da análise dos diferentes índices de qualificação da escola, sejam eles gerais, nacionais ou os de sala de aula, a equipe pedagógica e a equipe docente poderão pensar sempre em como se planejar ano a ano, semestre a semestre e dia a dia, para melhorar o ensino oferecido.


Bom, esperamos que você tenha gostado de conhecer mais sobre os indicadores de desempenho e como usá-los em sua escola. Aproveita para ler o nosso artigo sobre metodologias ativas, um conteúdo que certamente irá ajudar você a alcançar um desempenho melhor de seus alunos!


Yasmine Diniz, redatora do Blog de Estudos da Imaginie.
A Imaginie é parceira da Agenda Edu e acredita que por meio da parceria entre escolas e soluções tecnológicas, mais pessoas podem ter acesso a um ensino de qualidade. 


         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *