Criando crianças criativasLeitura de 3 minutos

Na Agenda Edu 16 de abril de 2019
curso Murilo Gun

author:

Criando crianças criativasLeitura de 3 minutos

Diz o Carpinejar que na infância.. bastava sol lá fora

e o resto se resolvia.

bastava sol lá fora…

… e o resto se resolvia.


Quem é que não sente saudade de quando nossas maiores preocupações eram tomar banho e ir para escola?


Era futebol de rua; futebol de botão; pular-corda; pular-elástico; bolinha de gude; assistir desenho; Chaves; Xuxa; Eliana; fazer amigos em quinze segundos; chorar sem motivo; chorar com motivo; cair; passar Merthiolate; gritar; mostrar a janelinha; contar a idade nos dedos; imaginar, em uma mesma tarde ensolarada, ser astronauta; detetive; polícia; ladrão; bailarina; power ranger. Sem cobranças exageradas; contas a pagar; problemas a receber; chefe; trabalho; crises…


Medo? Só do escuro. De injeção. De se perder da mãe no supermercado. De engolir chiclete. De se tornar um adulto chato…

Um adulto cheio de obrigações, responsabilidades e que não pode mais brincar e perseguir seus sonhos.

A criança que você foi, se orgulharia do adulto que você se tornou?

Passou tão rápido que quando você se deu conta, chegou a sua vez de educar um serumaninho.

E como se faz isso?

As brincadeiras mudaram.

Os problemas mudaram.

O mundo mudou.

E não para de mudar.

E não vai parar de mudar.


Não existe manual. Não tem regras no verso da caixa. E tudo bem. Você não está sozinho nessa. Muito se discute sobre como deixar um planeta melhor para nossos filhos… Que tal a gente também se questionar como deixar filhos melhores para o nosso planeta?


Já parou para pensar como é grande o desafio ter que preparar um ser humano para um mundo que você não sabe como vai ser? Para empregos que você não sabe quais vão ter… Para uma sociedade que você não sabe como vai funcionar…


Então como é que faz?

Recentemente o World Economic Forum (2016) e o Linkedin (2019) divulgaram que a Criatividade é a habilidade mais demandada e será a mais importante para as pessoas no futuro. Isso porque Criatividade é uma ferramenta para resolver problemas, então não importa como o mundo vai estar em 2050, o que importa é que seu filho(a) conseguirá dar soluções criativas mediante aos problemas que aparecerem.


Desenvolver a criatividade também tem uma característica interessante de que ao desenvolve-la você acaba automaticamente desenvolvendo as outras habilidades por tabela. Ao incentivar a criatividade a criança vai conhecer mais sobre ela mesma (INTRAPESSOAL), vai se relacionar melhor com as pessoas (INTERPESSOAL) e vai ser mais obcecada por aprender (APRENDEDORA).


A educação da criatividade é uma camada que sempre foi “escanteada” do processo educacional, porque não era uma grande habilidade demandada no contexto da sociedade do passado. E como sabemos que hoje ela é muito importante, nós precisamos ficar muito atentos em não repetir o que aconteceu com a gente, na forma como fomos educados. Porque a tendência é a gente repetir… Se a gente deixar quieto, não agir proativamente, a gente vai acabar repetindo, ou deixando para sorte, para o aleatório, o que também não dá quando se trata de assunto tão sério.


O padrão infelizmente é bloquear a criatividade, e o nosso desafio é não só deixar de bloquear, mas também passar a nutrir.


Os 4 pilares fundamentais para criar crianças criativas são:


1 Pilar: Criar crianças curiosas

2 Pilar: Criar crianças imaginativas

3 Pilar: Criar crianças corajosas e…

4 Pilar: Criar crianças apaixonadas


Curiosidade, Imaginação, Coragem e Paixão.


Murilo Gun a frente da Keep Learning School criou um curso online chamado CriCriCri – Criando Crianças Criativas, que ensina como as crianças aprendem e como nutrir a curiosidade, imaginação, coragem e paixão dos pequenos.

As inscrições para o curso abrem dia 23/04 e aqui tem uma página para você se cadastrar e assim saber todos os detalhes do curso.

 
Por Murilo Gun – pai da Maria Valentina, marido da Dani, professor de criatividade, fundador da Keep Learning, ex-comediante stand-up e ex-cover do Wesley Safadão.
         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *