Dicas para manter a gestão de equipes durante o ensino remotoLeitura de 4 minutos

Gestão escolar 26 de abril de 2021
Mulher promovendo gestão de equipes com colaboradores em videochamada em casa

author:

Dicas para manter a gestão de equipes durante o ensino remotoLeitura de 4 minutos

Danielle Gonzaga
Assessora de Implantação da Agenda Edu



Em um cenário tão complexo e cheio de desafios, a comunicação entre escola e família deve ocorrer de forma fluída e natural. E para que isso ocorra, é essencial que exista diálogo e alinhamento em uma gestão de equipes de sucesso. 


Ter objetivos e propósito bem definidos pela gestão, podem auxiliar na motivação, foco e engajamento dos demais colaboradores, principalmente daqueles que estão atuando de forma remota, longe de seu ambiente de atuação e parceiros de trabalho. 


Gerenciar equipes nesse contexto não é uma tarefa simples. É preciso estudar as plataformas e ferramentas disponíveis, planejar sua implementação e criar estratégias para adaptar a dinâmica escolar ao ambiente virtual. 


Gestão escolar: conceitos, práticas e estratégias


Como melhorar a gestão de equipes de forma remota


Mas não se preocupe! Existem várias ações que você pode realizar junto às suas equipes para promover a interação e uma gestão à distância mais produtiva.


Antes de tudo, a principal dica é promover uma boa comunicação e gestão de conflitos. Existem várias maneiras de se preparar e implementar essa cultura na sua escola. 


Seja na sala dos professores ou no auditório da escola, sempre existe espaço para a comunicação no ambiente escolar. Diferente do habitual, a atuação em home office não permite um contato tão próximo ou trocas tão instantâneas, por isso é ainda mais importante ter uma gestão de equipes bem alinhada. 


Confira algumas estratégias para aplicar na sua escola:


  • Alinhar quais canais de comunicação serão utilizados durante esse período e os horários mais adequados para as trocas de informações. É muito importante estabelecer um canal unificado que seja rápido e simples de usar. Além disso, também é interessante implementar um canal oficial para comunicação da equipe com famílias e alunos, facilitando processos e a troca de informações entre gestão e equipe. 

WhatsApp na escola: quais são os problemas e soluções


  • Criar espaço para trocas de experiências positivas, dificuldades, dúvidas e sugestões. É importante manter o elo entre pessoas de diferentes equipes durante o ensino remoto emergencial, buscando compreender o andamento das atividades de cada um no período anterior e se precisam de algum auxílio para executar tarefas futuras. 

    Lembre-se que estamos vivendo um cenário incerto e difícil para todos. Os colaboradores também sentem falta do acolhimento e precisam de espaço para desenvolver o socioemocional. Além de oferecer apoio psicopedagógico, encontros sociais virtuais, como happy hour, também são ótimas opções para fortalecer a cultura e vínculo entre equipes. 

“Quando a comunicação é boa, ela informa. Quando é ótima, ela engaja e incentiva os colaboradores a agirem” – David Grossman


Promova formações à distância 


Indique cursos ou proponha seminários e palestras sobre as ferramentas digitais e metodologias utilizadas durante o período de ensino remoto emergencial. Pergunte às equipes sobre que assuntos consideram importante discutir nesse momento. 


Uma boa ideia é buscar na equipe, profissionais que estudem temas de interesse geral e que possam ajudar na organização e condução das formações. Além disso, lembre-se de sempre valorizar e fazer ligações com a realidade de suas equipes. 


Como os professores podem aproveitar melhor o período de quarentena?


Mantenha uma relação de confiança com as equipes


Preserve a transparência, compartilhando plano de ação, próximos passos, feedbacks sobre a atuação de cada um e movimentações futuras. Da mesma forma, para garantir a segurança dos alunos, famílias e de todos os colaboradores, é preciso ter todos os protocolos bem alinhados e visíveis. 


Soluções para retomada das aulas na escola: portaria, pagamentos e cantina


Seja empático


Nem todos os colaboradores possuem os mesmos recursos, a mesma familiaridade com tecnologias digitais, ou sentem-se confortáveis atuando em home office. Todos foram pegos de surpresa com o ensino remoto emergencial e precisaram se adaptar rapidamente. 


Por isso é importante considerar os novos papéis que cada membro assumiu durante esse período, o que pode variar desde a demanda de um tempo maior de dedicação aos filhos, até a dificuldade em lidar com a comunicação restrita ao ambiente virtual. 


Episódio #8 – O poder da empatia


Em síntese, é necessário treinar um olhar atento e uma postura resolutiva e disponível para acolher novas ideias e demandas, criar cenários favoráveis para o desenvolvimento do senso de pertencimento dos membros das equipes, gerando uma sensação de confiança, mesmo em um cenário tão complexo. 


E você? Que dicas compartilharia sobre este assunto? Deixe aqui nos comentários. 


Fontes:


Desafios da Educação

Governo Federal

Nova Escola


Um comentário
  1. João Pedro

    Excelente artigo!

         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *