Personalização do ensino: o que é e como aplicarLeitura de 7 minutos

Tendências em educação 27 de julho de 2020
Personalização do ensino com aluna assistindo aula em casa com notebook, caderno e fone de ouvido

author:

Personalização do ensino: o que é e como aplicarLeitura de 7 minutos

Ensino personalizado é um modelo baseado na premissa de que os alunos aprendem de formas diferentes e a ritmos diferentes. A ideia por trás a personalização do ensino é que cada estudante recebe um plano de aprendizagem baseado em como ele aprende, o que ele já sabe e quais são as suas competências e interesses. 


Os estudantes trabalham com os seus professores para estabelecer objetivos tanto a curto quanto a longo prazo. Este processo concede certa autonomia para os estudantes ante sua própria aprendizagem.


O que é personalização do ensino?


Personalização do ensino é, além de uma estratégia, também uma mentalidade e abordagem educacional que empodera o estudante como protagonista da sua jornada de aprendizagem.


Como educar crianças protagonistas?


Para implementar estruturas e práticas que direcionam para uma aprendizagem personalizada na sala de aula é preciso entender o momento de vida do estudante e oferecer escolhas. Assim, ele é capaz de construir sua confiança e obter oportunidades para que siga seu próprio caminho, tendo consciência de que é um indivíduo em um mundo de mudanças rápidas e com muitas incertezas.


Para construir uma estratégia de ensino para cada estudante individualmente, é preciso se adaptar a cada uma de suas forças, necessidades e interesses. Isso inclui prover flexibilidade para que o estudante possa escolher o quê, quando e onde eles aprendem por si só.


O conceito da personalização de ensino abre portas para criar ambientes de aprendizagem que proporcionam espaço, recursos e oportunidades mais amplas para os próprios estudantes identificarem suas necessidades.


Tecnologia e personalização do ensino


Usar a tecnologia para conectar e engajar seus estudantes é uma ótima maneira de oferecer caminhos personalizados de ensino. Uma grande parte da viabilidade dessas novas práticas se deve à evolução e implementação das tecnologias educacionais nas competências de ensino.


Leia mais: SAMR: Guia prático para integração de tecnologias em escolas


Soluções como tutoria digital escolar personalizada podem abrir caminhos para a implementação de formatos híbridos de educação. Nesses formatos, o aluno pode resolver a sua dúvida no mesmo momento que ela surge, aprendendo no seu próprio ritmo com ajuda de um profissional específico que vai guiá-lo na solução da sua dúvida ou aprofundar em algum conhecimento. 


Atualmente já existem escolas que incentivam a utilização de ferramentas digitais para a realização de tarefas, com o intuito de facilitar a colaboração entre alunos e professores. Assim, é possível o monitoramento do desenvolvimento do trabalho, não somente da entrega final.


Dicas de ferramentas de escolas para aulas remotas


Como funciona a personalização do ensino na prática


As instituições de ensino que implementam algum modelo de ensino personalizado podem ter formatos muito diferentes entre si, não existem regras a serem seguidas.


Entretanto, pode-se analisar modelos que deram certo e tentar adaptá-los para o nosso contexto. Listamos a seguir quatro modelos amplamente utilizados em ambiente escolar. 


Perfis de aprendizagem 


Tal formato mantém um registro atualizado de cada aluno, traçando um perfil de aprendizagem. Estes perfis proporcionam uma compreensão profunda de pontos fortes, necessidades, motivações, progresso e objetivos individuais de cada integrante do corpo discente.


No cenário ideal estes perfis são atualizados com frequência, sendo tais atualizações detalhadas um ponto chave de auxílio para que os professores tomem decisões que têm um impacto positivo na aprendizagem dos alunos.


Como fazer acompanhamento pedagógico remoto


Esta ferramenta pode ajudar os alunos a acompanharem o seu próprio progresso. Dá ao professor, ao aluno e, dependendo da escola, aos pais uma forma de saber avaliar se o aluno necessita de ajustes à sua jornada de aprendizado antes que ela acabe.


Jornadas personalizadas de aprendizagem 


As jornadas de aprendizagem individuais proporcionam a cada aluno a personalização do percurso de aprendizagem, que responde e se adapta com base no seu progresso, motivações e objetivos. Por exemplo, uma escola pode criar o horário de um estudante com base em atualizações semanais sobre o seu progresso e interesses acadêmicos.


O horário de cada aluno é único mas é provável que inclua vários métodos de aprendizagem. A combinação pode incluir aprendizagem baseada em projetos com grupo integrando alunos com o perfil similar; um trabalho independente sobre determinadas competências ou tarefas complexas; e tutoria individual, por exemplo.


Uma jornada de aprendizagem personalizada permite que o estudante trabalhe em diferentes competências a ritmos diferentes, não significando que a escola o deixará ficar desatualizado em qualquer área. Os professores podem acompanhar de perto cada aluno e prestam suporte extra quando necessário.


Progressões baseadas em competências


As progressões baseadas em competências avaliam constante e continuamente os alunos para monitorar o seu progresso em direção a seus objetivos específicos. Este sistema deixa claro aos estudantes o que precisam dominar dos conteúdos.


Estas competências incluem competências específicas, conhecimentos e mentalidades, como por exemplo o desenvolvimento da resiliência.


Soft skills: competências e habilidades brandas


O estudante pode trabalhar em várias competências ao mesmo tempo. Quando domina uma, segue para a seguinte. O aluno deve receber o apoio que necessita para ajudar a dominar suas aptidões.


A ênfase não está no sistema de avaliação tradicional que consiste em fazer um teste e obter uma nota de aprovação ou reprovação, mas sim na aprendizagem contínua e nas numerosas oportunidades de exibir conhecimentos.



Ambientes de aprendizagem flexíveis


Nos ambientes de aprendizagem flexíveis, as estruturas nas quais os alunos aprendem são adaptadas com base na forma como aprendem melhor. É um conceito que pode ser melhor entendido através do ensino híbrido e suas aplicações.


Tal modelo inclui recursos como a configuração física da turma, a estruturação do dia escolar e como os professores são atribuídos.


Exemplificando, as escolas podem procurar formas de conceder aos professores mais engajamento ao adotar práticas como a sala de aula invertida. Não é fácil redesenhar a forma como os professores normalmente utilizam o espaço, o tempo e os recursos na sala de aula.


Contudo, este tipo de reflexão pode ajudar os estudantes a remodelar o ambiente de aprendizagem.


Próximos passos


A personalização do ensino é uma grande mudança no modo de pensar sobre ensino e aprendizagem. Mas, como qualquer outra mudança pedagógica, exige tempo e uma abordagem ponderada por meio de oportunidades efetivas de aprendizado.


O aprendizado personalizado ainda não é amplamente utilizado nas escolas. Muitos aspectos ainda precisam ser explorados.


Todavia esta abordagem tem o potencial de atender melhor às necessidades das crianças e adolescentes com diferenças de aprendizado e pensamento, adequando o ensino à conscientização das distintas formas de estimular e amplificar habilidades dos jovens.


O aprendizado personalizado também pode oferecer ao aluno a chance de desenvolver habilidades de autoconhecimento. Tal capacidade o incentiva a falar sobre o que lhe interessa e passar a entender os assuntos que se conectam e se inclinam de forma mais significativa. 


Tutor Mundi conecta alunos do fundamental 2 e ensino médio com tutores das melhores universidades do país (ITA, USP e UNICAMP).


Ilustração do guia de volta às aulas com botão pata baixar agora

         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *