O que você precisa saber sobre a proposta pedagógica da escola do seu filhoLeitura de 8 minutos

Família na escola 17 de dezembro de 2020
Alunos brincando em escola com proposta pedagógica montessoriana

author:

O que você precisa saber sobre a proposta pedagógica da escola do seu filhoLeitura de 8 minutos

Você sabe o que é uma proposta pedagógica? Já parou para pensar no que faz uma escola ser referência no mercado e o que você precisa entender na hora de escolher a instituição ideal para a sua família? 


Esse é o momento de entender o que faz uma escola ser bem sucedida, como ela escolhe as suas metodologias pedagógicas e como fazer uma escolha consciente na época de matrículas. 


O que você vai encontrar neste artigo?


O que é proposta pedagógica?


As principais propostas pedagógicas da Educação Básica

O que deve compor a proposta pedagógica?


Por que é importante conhecer a proposta pedagógica da escola do seu filho?


O que é proposta pedagógica?


A proposta pedagógica nada mais é do que a identidade da escola. Ou seja, é o que estabelece as diretrizes básicas, a metodologia e a linha de ensino escolhida pela instituição. Ela diz respeito a toda a sua personalidade e valores. 


A proposta está prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação de 1996, que tem como objetivo principal garantir a autonomia das escolas em relação à gestão e às questões pedagógicas.


Na prática, é um documento de referência que ajuda a orientar as ações da escola nos quesitos administrativos, financeiros e pedagógicos. Então, isso significa que cada colégio tem flexibilidade para elaborar a sua própria proposta pedagógica baseada no seu interesse e da sua comunidade escolar. 


Mas, é importante lembrar que mesmo sendo livres para elaborar o seu plano, toda escola precisa seguir as diretrizes curriculares do Conselho Nacional da Educação e dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN).


Como os pais podem estimular habilidades dos filhos em casa?


As principais propostas pedagógicas da Educação Básica


Mesmo com autonomia para desenvolver a sua própria proposta pedagógica, as escolas não podem esquecer as competências básicas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Elas estabelecem as aprendizagens que devem estar presentes durante o Ensino Básico.


Com isso em mente, as propostas costumam estar ligadas a uma linha pedagógica. Na hora de escolher uma escola, as famílias precisam entender cada linha e encontrar aquela que mais se identifica com os seus valores e objetivos. 

ilustração com título "Competência gerais da BNCC"

Conheça um pouco sobre as principais:


Tradicional


Essa é a linha pedagógica mais comum e provavelmente a que você conhece. É focada em transmitir conhecimento e preparar os alunos para o vestibular, utilizando um método de ensino sistematizado com os professores estando ao centro da aprendizagem, com provas e avaliações, podendo reprovar e até repetir de ano.


Comportamentalista


Similar à linha tradicional, as escolas comportamentalistas têm foco em técnica, processos e materiais. O grande objetivo é que os alunos sigam um comportamento desejado de acordo com as necessidades sociais determinadas. O professor também é o responsável por transmitir o conhecimento e as avaliações são feitas por meio de provas com feedbacks constantes. 


Construtivista


O construtivismo coloca o aluno como o protagonista que deve construir seu conhecimento. Eles formulam hipóteses, resolvem problemas e trabalham sua autonomia. Já os professores agem como mediadores. Essa linha pedagógica foi desenvolvida pelo filósofo Jean Piaget, explorando elementos artísticos, como música e dramatização. As provas convencionais não precisam ser utilizadas.


Escola Construtivista: o que é e como funciona na prática?


Montessoriana


Nas escolas com essa proposta pedagógica, o aluno utiliza o conhecimento que já tem para assimilar novos conceitos, aprendendo com a prática e respeitando o seu próprio ritmo. As salas de aula têm em média 20 alunos  e as atividades ficam dispostas para cada estudante pode escolher o que vai aprender no dia. 


As salas podem ser organizadas por séries ou por ciclos, com diferentes idades trabalhando juntas. O objetivo é que os alunos tenham responsabilidade pelo seu aprendizado. Podem ser aplicadas provas ou não.


Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos sobre o universo educacional, produzidos pela Agenda Edu

* obrigatório

Waldorf


Essa linha considera o aluno em seu todo: corpo, alma e espírito. Os ciclos são definidos de sete em sete anos e para cada etapa, a turma tem um tutor fixo que os acompanha durante todo o ciclo e faz avaliações por meio de anotações. Não é possível repetir um ciclo.


O primeiro ciclo trabalha o desenvolvimento integral da primeira infância, com ênfase em artes e trabalhos manuais, como marcenaria, culinária e costura. O que mais diferencia esse tipo de escola da tradicional é que não existe preocupação com horários e conteúdos aprendidos, mas sim com etapas de desenvolvimento de cada estudante.


Freiriana


Essa proposta pedagógica é baseada nos conceitos do educador brasileiro Paulo Freire, levando em consideração os aspectos humanos, sociais e culturais dos alunos.  É mais voltada para a alfabetização e procura ouvir o aluno para que ele possa entender o mundo pelo seu conhecimento e construir autoconfiança. Originalmente não são previstas provas, mas algumas escolas utilizam métodos de avaliação.


Conheça mais sobre as linhas pedagógicas


O que deve compor a proposta pedagógica?


Agora que você já conhece as principais linhas pedagógicas, consegue visualizar melhor do que é feita uma proposta pedagógica. Em primeiro lugar, é importante promover espaços de colaboração para que todos façam parte do processo, como professores, famílias e, principalmente, alunos. 


Cada um deve mostrar quais são seus objetivos e interesses para que o documento possa proporcionar o desenvolvimento intelectual, social e educacional dos estudantes. 


Assim, ouvindo a opinião de todos, a escola pode criar atividades que não somente estejam de acordo com a BNCC como também leve em consideração o que os alunos realmente precisam. Outro ponto de atenção é que a proposta pedagógica é um dos pilares do Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas. 


Como educar crianças protagonistas?


Além disso, a proposta pedagógica deve passar por revisões periódicas, principalmente no início do ano ou semestre. Dessa forma, é possível avaliar os conteúdos, reuniões e planejamentos. 


Por que é importante conhecer a proposta pedagógica da escola do seu filho?


Como você já entendeu, a proposta pedagógica é a identidade da escola. Ela diz como será a relação com toda a comunidade escolar e afeta diretamente na qualidade do ensino na sala de aula e satisfação dos responsáveis e alunos.


Ela também diz respeito aos materiais, formação dos professores, organização do currículo, metodologias de ensino e avaliação. Por isso, é tão importante conhecer a proposta pedagógica da escola do seu filho.


Assim, você vai entender o que ele vai aprender e como vai aprender, além de entender o seu papel na jornada de aprendizagem. Afinal, a proposta e a escola se constroem juntos. 


Fontes:

Nova Escola

Escolas Disruptivas


         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *