Família na escola: uma mudança de mindsetLeitura de 6 minutos

Família na escola 29 de julho de 2019
família formada por pai, mãe e dois filhos (menino e menina), arrumando a mochila que está sobre uma mesa. Atrás deles existe uma estante com livros.

author:

Família na escola: uma mudança de mindsetLeitura de 6 minutos

São incontáveis os estudos que tratam da importância da participação da família na escola para o desenvolvimento e aprendizado de jovens e crianças. De acordo com Heather Weiss, fundadora e diretora do Projeto Global de Investigação Familiar, criar um ambiente de confiança e respeito é uma das estratégias ideais para fazer com o que a teoria (apontada por diversas pesquisas) se concretize na prática.

 

A fundação filantrópica Carnegie Corporation de Nova Iorque contratou o Projeto Global de Pesquisa da Família para criar um documento de desafio sobre a história, as práticas atuais e o potencial futuro do engajamento familiar, e dentro do estudo, cinco áreas de alavancagem promissoras foram colocadas como pontos de atenção para ampliar esse engajamento.

 

Participação, compartilhamento de dados, desenvolvimento acadêmico e social, mídia digital e transições, foram as áreas consideradas pelo estudo e, dentro do contexto de solução educacional, a Agenda Edu pode atuar na manutenção de algumas dessas áreas.

 

Uma vez que todas as competências se cruzam na relação da família com a escola, ter uma comunicação fluida, segura e dinâmica, pode ser considerado o primeiro passo para reajustar essa relação que, por anos, pareceu ser unilateral. Ter um canal que acompanhe as evoluções de rotinas, cada vez mais urgentes, e esteja ali ‘no bolso’ dos responsáveis traz maior praticidade para a troca de informações, aumentando a participação dos pais na rotina escolar.

 

A pesquisa também trata do diferencial do aprendizado contínuo, aquele que vai para além da sala de aula e que se perdura nas descobertas diárias, apresentando as ferramentas digitais como ajudantes nesse processo, onde os responsáveis podem atuar como mediadores nesses momentos. Por exemplo, em atividades extras que trazem materiais lúdicos – e digitais – para potencializar a aprendizagem, os responsáveis podem acompanhar os alunos, no intuito de fazer, daquela atividade, um momento prazeroso.

 

Vale reforçar que, além de melhorar o acesso aos canais de comunicação com a escola, propor um diálogo mais franco, buscando deixar claro tudo aquilo que as famílias esperam da escola e vice versa – levando sempre em conta o sucesso do aluno – pode fazer total diferença.

 

Como aproximar a família da escola

 

Muitas escolas costumam adotar a escolha de um profissional especializado (psicólogos e psicopedagogos) a fim de criar um espaço de acolhimento para as famílias, o que traz ótimos resultados para muitas escolas. Mas e se envolvermos todo o time da escola nesse objetivo?

 

Bom, aqui voltamos a pontuar algo já dito em outros artigos aqui da Jornada Edu: veja sua equipe sempre como aliada, em especial, seus professores.

 

São eles quem orientam e acompanham mais de perto toda a evolução dos alunos, todas as descobertas, aprendizados e o momentos dessa jornada e, portanto, são as pessoas certas para desenvolverem diálogo com os responsáveis.

 

Por exemplo, que tal criar um canal de mensagens para acompanhamento das práticas pedagógicas da escola, onde a família pode tirar dúvidas a respeito do desenvolvimento acadêmico do aluno, e onde os professores podem passar dicas de atividades a serem feitas em casa para potencializar tudo que foi aprendido na escola.

 

E ao contrário do que parece, esse acompanhamento dos responsáveis, não surte efeitos positivos só nas séries infantis e do Ensino Fundamental. A pesquisa do Carnegie também apresenta que as taxas de absenteísmo e evasão escolar entre jovens e adolescentes, no período do Ensino Médio, mais recorrentes no ensino público, dada a realidade social desses alunos, podem ser contornadas com uma parceria firme entre escolas e famílias, a fim de orientar melhor os jovens no momento complicado e decisivo como a adolescência e as opções do vestibular.

 

Pensando no relacionamento entre pais e professores, um boa estratégia foi a adotada pelo Colégio Moreira Xavier, parceiro da Agenda Edu, e que já foi destaque como uma das nossas Histórias de Sucesso, que você pode conferir clicando aqui.

 

Ricardo conta que a ideia surgiu já durante a implementação da Agenda Edu na escola.

 

“Já no início, bem antes da equipe da Agenda Edu iniciar os treinamentos, nós já tentamos envolver os professores. Fizemos reuniões com cada segmento separadamente, até porque cada um tem seu método de trabalho e suas particularidades no uso, apresentamos uma visão geral da plataforma e explicamos sobre o uso.  E depois que mostramos que as vantagens iam além da mudança da rotina para melhor, ficou mais fácil conectá-los ao propósito”.

 

Mas passada toda a fase de adaptação, a coordenação da escola começou a notar que algumas estratégias poderiam ser adotadas para aumentar as taxas de cadastro na agenda e de confirmação das informações enviadas e os professores poderiam ser a chave dessa mudança.

 

“Durante as reuniões pedagógicas, nós sempre apresentamos os relatórios de cada grade específica e debatemos com nosso corpo discente todas os problemas e soluções deles. Foi quando tivemos a ideia de propor desafios a nossa equipe e, desde então, durante as reuniões, nós sempre reconhecemos os professores que mais se esforçaram e alcançaram as metas, porque também não podemos só traçar metas, é muito importante reconhecer as grandes e pequenas vitórias”. 

 

Na nossa Central de Ajuda, você pode entender melhor como funcionam os índices de adesão e engajamento que podem te auxiliar na hora produzir relatórios como os usados pelo Moreira Xavier.

 

Dentro das estratégias, a mudança na comunicação com os responsáveis é elencada como uma das melhores, e isso reflete muito o que viemos tratando até aqui. O contato dos responsáveis é, na maioria das vezes, com o professor e como esse diálogo acontece faz total diferença.

 

Além disso, é fundamental que ambos os lados estejam em sintonia. Família e escola, caminhando pelo mesmo propósito, dividindo a mesma jornada. Não existem receitas mágicas, existem atitudes transformadoras.

 

Conheça mais da Agenda Edu e entenda como revolucionar sua comunicação no ambiente escolar pode gerar ótimos frutos.

         
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *