Como motivar e engajar os alunos em sala de aula

Dicas para motivar os alunos
Leitura de 4 minutos

A participação dos alunos em sala de aula é essencial para o professor, mas fazer com que crianças e jovens participem das atividades, se sintam motivados e, principalmente, evitem a evasão escolar são alguns dos grandes desafios enfrentados pelas instituições.

 

A inovação é a palavra-chave para tornar a aula mais interessante, é preciso usar a criatividade e técnicas para que os alunos estejam engajados e consigam alcançar objetivos positivos.

 

Antes de tudo, é necessário que o aluno tenha vontade de aprender e sinta essa necessidade. Entretanto, existem ações que podem ajudar o professor na hora de fornecer estímulos, fazendo com que o aluno se sinta motivado a aprender.

 

Confira agora as dicas que separamos para você!

 

1 – Apresente novas metodologias

Estamos vivendo em um mundo de constantes mudanças e é normal que o perfil dos alunos nos dias de hoje também tenha mudado, por isso, é necessário que os educadores entendam essas transformações e busquem novas formas de ensinar.

 

O ensino tradicional, embora muito respeitado e ainda funcione, precisa ser adaptado a realidade em que os alunos se encontram, onde a comunicação é mais digital, o acesso à informação é rápido e o imediatismo é constante.

 

Procure interagir com os alunos de maneira constante. Utilize vídeos durante as aulas, exemplos do dia a dia, o ensino colaborativo, as experiências científicas e o uso das tecnologias são algumas das formas de engajar os alunos. Além disso, palestras, debates e apresentações podem ser uma maneira de inovar durante a rotina em sala de aula.

 

2 – Escute e dê voz aos alunos

Deixe que eles tragam temas para serem debatidos em sala de aula, ouça o que eles têm a dizer. Quando o aluno sabe que é ouvido, ele fica mais atento ao que o professor está falando, ele se sente ativo e sabe que faz parte da aula.

 

Uma outra proposta bastante conhecida e efetiva é o tradicional grêmio estudantil, que dá voz aos alunos na gestão da escola. Uma cultura democrática, onde os alunos escolhem seus representantes para decisões e discussões na escola. Além disso, é possível também a formação coletiva de grupos de interesses específicos, por exemplo, e isso pode ser estimulado também pelos gestores como forma de ampliar os espaços de protagonismo dos alunos na escola.

 

Leia também: Protagonismo do aluno no processo de aprendizagem

 

É preciso pensar em uma educação que valoriza o protagonismo do alunos, fazer com que os estudantes se sintam à vontade para participação nos projetos da escola.

 

3 – Dê autonomia aos alunos

Permita que alunos busquem suas próprias soluções para resolução de desafios, deixe que eles coloquem a mão na massa. Na era da tecnologia e da informação é mais que necessário desenvolver a autonomia dos alunos para a construção do conhecimento coletivo.

 

Métodos como movimentos maker – onde os alunos colocam a mão na massa e buscam soluções de problemas – e educomunicação – que une educação e comunicação, através de práticas que propõe uma intervenção das mídias – são algumas formas de inovar na aprendizagem e dar autonomia para os alunos.

 

A produção de um documentário, um jornal virtual, pesquisas na internet, fotografias externas, tudo produzido pelos alunos já faz uma grande diferença nas aulas.

 

Leia também: Conheça a Educomunicação

 

4 – Utilize as tecnologias ao seu favor

A tecnologia traz diversos benefícios para os alunos, ela desperta a criatividade, o interesse, novas formas de se comunicar, pensar, estudar e aprender, mas para que seu uso seja efetivo, é preciso apresentar um conteúdo atraente, sem esquecer que ela deve ser usada de forma crítica, significativa, reflexiva e ética.

 

Leia também: Os benefícios em usar a tecnologia na educação?

 

Aproveite a tecnologia para estreitar os laços entre escola, alunos e família. As pessoas estão cada vez mais conectadas, utilize isso a favor da educação.

 

O uso das tecnologias em uma escola não favorece somente a aprendizagem, como também aproxima os professores dos alunos e os responsáveis da escola, permitindo a possibilidade de construírem conhecimentos e trocas de experiências juntos.

 

Quer melhorar o engajamento de alunos e responsáveis com a sua escola? Conheça a Agenda Edu, a agenda escolar digital mais utilizada do país que facilita a comunicação entre todos os atores da jornada educacional.

 

Veja mais!

A estratégia como suporte na sala de aula
174
Usar alguns conceitos de estratégia de negócios na sala de aula  pode render bons frutos no aprendizado.   Por Marcelo Freitas: mento...
Volta às aulas: saiba como receber os alunos
1871
Integrar os novatos, acolher os veteranos e garantir que todos tenham um ambiente agradável, são pontos que requerem atenção na volta às aulas.  ...
5 dicas para começar bem o ano letivo
1893
Do planejamento escolar ao relacionamento com as famílias, confira os pontos que requerem atenção para você começar o ano letivo com o pé direito. &...